No meu quintal

.
No meu quintal
Ao pé da letra
Poesia é fruta
Sonhar é normal
.
No meu quintal
Descasco um verso
Chupo uma rima
Tão doce é o final
.
No meu quintal
Escrevo em folhas secas
E ao pé da letra
Durmo um soneto
Acordo careta
Meio triste, meio down
No meu quintal
Graveto é lápis
O chão é lousa
Desenho um trevo
Sai uma trova
Em odisseia  de imortal
.
Do meu quintal, visito planetas
Viajo o universo em mutação
Na sombra, deitado ao pé da letra
Escrevo o que transborda meu coração
.
Letra e música : Sandro Ernesto

.

Você pode gostar...

41 Resultados

  1. Dulce Morais disse:

    Sandro,
    O meu quintal também é desses… sobretudo com o sol que regressa agora…
    Abraço!

  2. Obrigado meu amigo… um forte abraço !

  3. O sol não pode faltar Dulce … fico feliz que nossos quintais sejam iguais ! Beijos no seu coração !

  4. Vall Nunnes disse:

    No meu quintal…
    Capim vira rainha
    brincava sozinha
    No meio do bananal

    Lembranças de uma infância tranquila e feliz.

    Até logo poeta!

  5. Que bom que estas lembranças estão vivas na sua memória Vall… esta música foi feita enquanto eu viajava no tempo !!! Obrigado pela visita e comentário … beijos no seu coração !!!

  6. Boa Tarde Poeta belo Soneto gostei parabéns

  7. Obrigado meu amigo… um forte abraço !

  8. Saudade do tempo em que eu tinha quintal.Valeu Sandro.

  9. Realmente os quintais, são um mundo à parte quando somos crianças… um forte abraço Marco Antônio e tenha um domingo abençoado !

  10. E.P. GHERAMER disse:

    Belíssimo!
    mais uma vez, muitos parabéns, Sandro!

    • panografias disse:

      É com muito carinho que recebo seu comentário E.P Gheramer … sempre tão gentil. Deixo aqui registrado o meu agradecimento e meu abraço sincero e amigo !

  11. Muito bom, adorei! Sucessos poeta amigo!

    • panografias disse:

      Olá Elias… obrigado pela visita e comentário meu amigo! Fico feliz por ter gostado… na minha infância, o meu quintal era um mundo à parte. Um universo paralelo onde tudo acontecia na minha imaginação. Um forte abraço meu caro amigo!

  12. Radar Mundial disse:

    Parabéns pelo post
    radarmundial.com

  13. ♡Recitos disse:

    Voltei na minha infância!

  14. Lembrei da minha infância de quando subia nas árvores rs. Abraço

  15. prjosemartins disse:

    Olá Sandro! Amei sua música: Melodia, letra e a árvore cheia de criança. Avança!

    • panografias disse:

      Fico feliz por ter gostado meu querido amigo… realmente a árvore cheia de criança é algo inspirador, não acha?! rsrsrsrs Obrigado meu caro… um forte abraço!

  16. JCDattoli disse:

    Legal, Sandro. Você cada vez mais criativo. Gostei bastante dessa poesia!!!

  17. dulcedelgado disse:

    Um belo momento!! Parabéns!

  18. mardepoesia disse:

    Bela música! Adorei!

  19. mariel disse:

    Não sabia que você era músico também. Tive uma árvore no quintal, me levou pra lá, muito grato.

  20. Rodrigo Meyer disse:

    Muito bom. Sucesso pra ti.

    • panografias disse:

      Rodrigo, meu caro amigo… fico feliz que tenhas gostado. Na foto do vídeo, são meus filhos e sobrinhos na árvore ( todos adultos hoje)… por estas e outras eu tenho um carinho enorme por esta música! Obrigado… um grande abraço!

    • Rodrigo Meyer disse:

      É o lado bom da vida. Olhar pra quem gostamos e encontrar satisfação na satisfação deles. Por tudo que produz, tenho certeza que deve ser uma pessoa marcante entre sua família e amigos. Esse é o legado que fica.

    • panografias disse:

      Disseste bem meu caro amigo: Esse é o legado que fica! Novamente obrigado

  21. Gabriela disse:

    Muito lindo mesmo!
    Ah se os nossos quintais pudessem falar, não é?
    ❤️

    • panografias disse:

      Eu tenho doces lembranças e acredito que meus filhos tiveram também… agora é a vez dos netos! Se estes quintais falassem heim, Gabriela?! kkkkkk Beijo no coração

Deixe uma resposta para E.P. GHERAMER Cancelar resposta

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: