Além Túmulo

 Além Túmulo
.
Vais! Sem ver o tão quão é bonita.
Sentirás teu hálito fresco de morte,
Que imparcialmente teu nome grita.
Inconformado chorarás com a sorte.
.
Sorrateira virá pelo mesmo norte,
Com teu beijo gélido secará tua vida.
Executando teu trabalho escarnecido,
Compassivo de Deus, alvo de tua ira.
.
Verás que tua veste é um corpo caído,
Dos teus bens e orgulho terá esvaído.
Levarás apenas tesouros do coração.
.
Despido das vaidades então comovido,
Abraçarás a morte feliz tão agradecido,
Por permitir embarcar além da estação.
.
Autor : Sandro Ernesto 05/04/2013

 

Você pode gostar...

Seu comentário é sempre bem-vindo, Amigo... obrigado !

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: