Olho do furacão

 Olho do furacão
 .
Não pode! Pode sim… Porque não?!
Tem que deitar na cama!
Porque não deitar-me no chão?!
.
Tem que ser aceita pela sociedade!
Posso ser aceita também por um cão?!
Tem que estudar mais e ser alguém!
Posso ser alguém sem estudar, não?!
.
Pessoas que amo tem que me amar!
Posso te amar e ficar sozinha?!
Tem que casar e ter primogênitos!
Posso optar ter apenas sobrinhas?!
.
Se casar tem que ser feliz para sempre!
É por isso que solteiros são felizes?!
Eu nasci assim, comigo não há perdão!
Perdoe-me, mas nunca cometeu deslizes?!
.
Mulher que transa antes de casar é puta!
Puta que pariu, vou casar contigo pra dar?!
Tem que ter bom emprego, seguir carreira!
Como fez Winehouse ao tocar e cantar?!
.
Não pode! Pode sim… Porque não ?!
Posso deitar-me na cama…
Ou deitar-me no chão!
 .
Autor : Sandro Ernesto 20/09/2013

Você pode gostar...

8 Resultados

  1. Obrigado Luís pela visita ! Na realidade esta poesia nos leva o olhar para outros ângulos… a pergunta existencial que cada um tem. Porque não… se a escolha é sempre nossa ?! Abraços

  2. Daniel Andre disse:

    E põe furacão nisso!
    Uma mistura de duvidas e várias interrogações.

    "As pessoas que amo tem que me amar !" >>> Sou exatamente essa frase.

    Grande abraço mestre.
    Dan.

  3. Obrigado pela visita e comentário Daniel ! Mas não há mal em pensar assim… a reflexão esta em: " e se a pessoa que você ama não te amar a mesma altura ao ponto de não querer estar por perto ? ". Esta poesia esta voltada para a reflexão do " politicamente correto "… um forte abraço meu amigo !

  4. S E N S A C I O N A L!

    As "regras" que foram ditas pela sociedade nem sempre forma "regras". São culturalmente e historicamente distintas. me chamam de subversivo, mas prefiro esse adjetivo do que o de alienado.

    Abraços e parabéns Sandro. Essa tua postagem foi excepcional.

  5. Obrigado pela visita e pelo comentário Diego. O que vc disse aqui é justamente a tradução do meu poema e por sinal me lembrou um outro que fiz justamente falando da mente alienada " Zona de Conforto " ..depois vc dá uma conferida :https://panografias.com.br/zona-de-conforto/
    Um forte abraço e mais uma vez obrigado !

  6. Dulce disse:

    Este me marcou…
    Afinal, com respeito por si própria (sempre! e sempre primeiro!) e pelos outros, ela pode tudo… e nada lhe fará mal.
    Quanto ao que dirão, pode passar-lhe por cima da cabeça, que dentro dela há mais que fazer para ser feliz… 🙂

    • panografias disse:

      Realmente é isto Dulce … somos equipados por um tal dispositivo chamado livre-arbítrio, cujo funcionamento é de responsabilidade nossa e não de terceiros ( Dentro de nós há mais que fazer para ser feliz )… a escolha é sempre nossa ! Obrigado novamente pela presença e comentário minha amiga… um beijo no seu coração!

Seu comentário é sempre bem-vindo, Amigo... obrigado !

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: