Dez a fio de repentes

.

1) Quem junta trapo

Não adquire coisa nova

Não tem espaço, não renova

Envelhece com o que tem

 .

2) Pois põe pra fora

Toda essa tralha agora

Quero o novo, vida nova

Quero aquilo que faz bem

3) Cheiro de novo

É o melhor cheiro que tem

Cheirar mofo tá por fora

Não faz bem para ninguém

 .

4) Já não sou moço

Mas digo o que me convém

A mágoa é uma bebida

Que o Diabo não fica sem

 .

5) Procurei Deus

Por infinitos lugares

Por montanhas e altares

Até nas terras do além

 .

6) Pois ouça bem

O que vou dizer agora

Deus  no seu coração mora

E é uma luz que te mantém

7) Não deixe Deus

Ofuscado na maldade

Por Deus tenha piedade

Dê o seu perdão também

 .

8) Peso do corpo

Vai sentir muito leve

O rancor de nada serve

 Sem perdão a paz não vem

 .

9) Aprendi cedo

Não ficar juntando trapo

Não  ficar beijando sapo

Com respeito o irmão tratar

.

10) Pessoa é vida

Toda vida à Deus pertence

E se Deus respeita a gente

Devemos o irmão amar

 .

Letra e Música: Sandro Ernesto

Você pode gostar...

19 Resultados

  1. meu querido poeta maravilho amei de coraçao beijos

  2. Obrigado Adriana… esta poesia fica melhor vc cantando os versos como repentes! rsrsrsrs beijos

  3. Dulce Morais disse:

    Sandro,
    O que mais me marcou foi este:
    "Quero o novo, vida nova
    Quero aquilo que faz bem"
    Lindo, poeta!
    Grande abraço!

  4. Que bom Dulce… acho que esta parte se encaixa perfeitamente no poema seu " Paredes ". Obrigado pela presença e comentário ! Beijos no seu coração

  5. Zaida Machado disse:

    Coisa maravilhosa… Você foi brilhantemente inspirado. Adorei tudo, especialmente o título. Parabéns! E que venham novos… Abç e bom dia!

  6. Fico imensamente feliz Zaida com sua visita e comentário ! A vida em si já é um inspiração e vive-la da melhor maneira possível se faz poesia ! Obrigado sempre… beijos em seu coração ! Tenha um semana iluminada !

  7. Sandro, sua voz em ritmo perfeito no repente, de cara gostei da letra, a primeira trova diz muito de mim.
    Os versos abaixo guardarei entro do meu coração , para não esquecer jamais
    "O rancor de nada serve

    Sem perdão a paz não vem",
    Taí uma ótima ideia para presentear meu amigo secreto.
    Bjs no seu coração.

  8. Claudiane… me alegra muito que, entre uma frase ou outra, eu possa passar algo de positivo para alguém. Versos como este que pretende não esquecer mais, são teclas que sempre estou batendo por experiência própria. Obrigado pela visita e comentários sempre tão generosos ! Outros tantos beijos em teu coração !

  9. E.P. GHERAMER disse:

    Caro Sandro, gostei tanto que quero repetir: "Aprendi cedo
    "Não ficar juntando trapo
    Não ficar beijando sapo
    Com respeito o irmão tratar

    Pessoa é vida
    Toda vida à Deus pertence
    E se Deus respeita a gente
    Devemos ao irmão amar"
    E, de repente, parabéns Sandro!

  10. É com imenso prazer que recebo seu comentário tão gentil E.P.Gheramer. Fico feliz quando, de um forma positiva nossa mensagem chega às pessoas e como resultado, este sorriso estampado aqui no rosto ! Um forte abraço e muito obrigado pelo carinho !

  11. Além de poeta é cantor…. parabéns ficou bem bolado… Boa tarde.

  12. Que letra maravilhosa! Parabéns Sandro!

  13. gülüş disse:

    Çok etkileyici

  14. Adorei a letra… o poema e a mensagem…

Seu comentário é sempre bem-vindo, Amigo... obrigado !

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: