Apresentação : O Serão dos Miseráveis

 O Serão dos Miseráveis
” Eu vejo…
             …Vejo em letras garrafais escrito: “Hoje Grande estreia” – Obra de Luís Pinto da Silva. O movimento em frente ao teatro é imenso. No camarim feminino as atrizes de  Pintora Insatisfeita, cujo Figurino feudal deixa à vista parte dos seios fartos e a Mulher Sombra, com sua desolada expressão facial se maquiam enquanto passam a limpo suas falas. As duas gozam de certo conforto. O mesmo não se pode dizer do núcleo masculino. Oito atores homens,dito os Miseráveis se engalfinham em apenas um camarim, com suas vozes estrondosas que se cruzam, querendo fixar em suas mentes os versos e tirar da alma toda veracidade existente, enquanto aparam seus bigodes e barbas. No palco uma lareira adornada de espadas, escudos e brasões. Uma mesa longa, em cima castiçais, ao redor  cadeiras estilo Luis XV e uma armadura imponente ao lado esquerdo dá o ar de sofisticação ao ambiente . Ao fundo, compondo o cenário, uma enorme estante com uma vasta biblioteca e uma escada com rodinhas onde no alto, abrindo um dos livros,o Quasidivino Alucinado recitará sua ensandecida fala. Ao contrário do que todos pensam, os miseráveis são todos aqueles que são acometido por paixões desenfreadas.Concentração total.As cortinas se abrem. Chegou a hora…começa aqui  O Serão do Miseráveis ” planopalavras.blogspot.com.br
___Assim apresento- lhes esta belíssima obra de Luís Pinto da Silva. Parecem-lhes exagero dizer que é uma peça de teatro ? Ao meu ver , não ! Também não foi exagero nenhum quando lhes disse que, o Luís, o autor destas poesias  ” não perdia nada para Camões “. Me perdoem ” Os Imortais “, ” Os professores de literatura “e todas as pessoas que assim como eu admira a obra ” Os Lusíadas “. Sou um leigo legal. Camões à parte, o que eu quis dizer com esta afirmação é que : assim como ele, o Luís nosso amigo, escreve com propriedade. Tem identidade, estilo próprio e a maturidade é visível em cada linha de pensamento esboçada em versos. Quem de alguém de vocês ainda não teve ou tem algum lampejo de algum destes miseráveis ?!! Não os reconhece ?!! Então peço licença e vestirei um personagem de nome Prisioneiro Mental e finalizo com sua fala:
Tudo o que sei
São construções da minha mente.
Desorientado fico quando
Minha mente não encaixa com o presente.
Convido à todos a se entregarem ao deleite desta obra e ao Luís Pinto da Silva peço perdão por  enxergar além das palavras e ver o futuro com tanta clareza. Loucura minha ?!! Então sou  mais um miserável para este serão : O Louco Visionário .
Ass: Sandro Ernesto

Você pode gostar...

4 Resultados

  1. Daniel Andre disse:

    Parabéns amigo, por essa atitude humilde e de amizade. Não canso em lhe dizer que você é como se fosse um mestre, meu mestre nessa magnifica arte da poesia.

    Abraços.
    Daniel.

    PS: O mundo agora clama incansavelmente para que publique também um livro. Se precisar de alguma ajuda, estou aí para dar asas ao livro.

  2. Daniel , meu amigo …você sempre me surpreende com suas manifestações de carinho em seus comentários ! Pode ter certeza que aprendo cada dia mais com você " a arte de ser amigo ". Ainda não é o momento mas chegará minha vez e não dispensarei a tua ajuda… dedicarei uma página a você, pode ter certeza ! abraços

  3. Vall Nunnes disse:

    Viu? Sua análise e apresentação ficou simplesmente impressionante.
    Você exagerou em nada. Ao ler o livro me lembrei de Decamerão, que tem um contexto bem parecido com O Serão dos Miseráveis. Quanta creatividade Sandro, fiquei de queixo caído!

  4. Seu comentário arrancou sorrisos de mim Vall… realmente O Serão dos Miseráveis é uma verdadeira peça de teatro e visualizar isto não é difícil com a qualidade da obra. Mérito do Luís… eu só previ o futuro rsrsrsrsrs Um grande beijo no seu coração ! Obrigado sempre pela gentileza dos comentários !

Seu comentário é sempre bem-vindo, Amigo... obrigado !

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: