Solilóquio

soliloquio

.

Soo verso, suo verso,
Sou de diversificar.
Com versos converso,
Sou de viver se ficar.
Sorver só em versos faz-me solfejar,
Só vejo nos versos razões para amar.
.
Com Cervantes eu cresci.
Conservantes podem matar.
Com serva antes eu vivia,
Com o serviço de criar.
Com o ser à flor da pele,
Com certeza hei de rimar.
Solilóquios são poemas.
Só li loucos a filosofar.
.
Na gramática de meu jardim,
É lugar bom de se deitar.
Não faz cera serotonina,
Sou faceiro ao versejar.
Se sou frente, se sou verso,
Ao ver só, sou companhia.
Sou reverso e vice-versa
No mundo da poesia.
 .
Autor : Sandro Ernesto 22/11/2016

Você pode gostar...

Seu comentário é sempre bem-vindo, Amigo... obrigado !

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: