Laika


.

         
 “Exercício maior do amor”. Foi a melhor definição para a palavra “Família” que havia achado naquele momento, em um bate papo literário. E toda família que se preze, deveria estimular seus filhos a terem um animal de estimação. É um exercício maior ainda para as crianças desenvolverem seus sentidos, sentimentos e senso de zelo. “Quando a gente ama é claro que a gente cuida…” (acho que isto dá uma música).
___Domingo ensolarado de primavera. Perfeito para curtir a cama até mais tarde… se não fosse a algazarra da criançada do beco. O “Beco dos Chaves” era uma rua sem saída. Os moradores em sua maioria pertenciam a família Chaves. Descalço, com um pão em uma das mãos e na outra a caneca de café com leite, fui ver o que acontecia. A molecada encurralara um animal no final do beco e apedrejavam-no. A cena desta maldade tinha um agravante: o animal era apenas um cachorrinho. Só uma coisa dispersava a molecada com mais facilidade:  minha querida mãe. Chegava na janela de 38 cano longo em punho (descarregado, lógico) e gritava carinhosamente:__ “EU MATOOOOOO” e… pernas para que te quero. Aquela encenação sempre dava certo. Livre dos algozes pude perceber que o cachorrinho estava faminto e de perna quebrada. Levei-o para casa sob protesto de minha mãe. Imobilizei a perna com uma tala, alimentei e só depois do banho vi de que se tratava de uma fêmea.
___Laika se tornou minha melhor amiga e com o passar do tempo, também amiga daqueles que um dia apedrejaram-na. Um belo exemplar de pastor alemão.  Brincava e chorava junto a mim e nos escoltava aonde fossemos. Se fossemos ao matiné, permanecia ali deitada junto a porta do cinema à nossa espera até a volta para casa. Esta proteção estendida às crianças do beco passou a ser um problema, visto que os pais não podiam mais chamar atenção de nenhuma criança em tom mais áspero sem ouvir o rosnado ameaçador de Laika. Um belo dia desapareceu tão misteriosamente como havia aparecido. Buscas foram em vão e o choro inevitável, mas meu coraçãozinho de 10 anos dizia que ela estava bem em algum lugar de minha cidade. Acho que foi melhor assim porque doeu menos do que ver o Perí ( outro cachorrinho nosso ) ser sacrificado. No lugar de sua cova no quintal, cresceu um pé de goiaba que só eu comia os frutos. Não sei o porquê. Acho que era porque dizia aos caçulas que as goiabas ganiam baixinho ao serem mordidas  rsrsrsrsrsrs.

.

Sandro Ernesto

Você pode gostar...

23 Resultados

  1. Que texto lindo Sandro!Caiu um cisco no meu olho aqui…
    Parabéns meu amigo, emoções descritas com a sensibilidade de quem sabe tocar o coração de quem
    lê! Impossível ler e não vivenciar cada palavra…
    A infância é realmente uma época inigualável,e que sorte da Laica encontrar você!
    Um beijo

    • panografias disse:

      Tive uma infância maravilhosa sim minha querida amiga. A Laika encarnou a gratidão na forma de amizade e na realidade a sorte foi minha de encontra-la. Obrigado pela gentileza do comentário minha amiga. Tenha uma semana abençoada!

  2. mskawanami disse:

    História divertida. 🙂

    • panografias disse:

      Grande Marcos Satoru… que prazer receber seu comentário aqui meu caro amigo. A minha infância foi uma grande diversão (coitada da minha mãe rsrsrsrs). Obrigado pela visita… tenha uma semana produtiva e iluminada. Um grande abraço

  3. vermavkv disse:

    nice story

  4. Um relato maravilhoso Sandro! ❤

    • panografias disse:

      A Laika era uma cadela incrível, Filipa… se por algum motivo estivesse triste ou chorasse, ela ficava ao meu lado ganindo até me alegrar novamente. A Laika era maravilhosa! Obrigado pela leitura e comentário minha querida amiga… beijo no coração!

    • Imagino Sandro! ❤ O olhar da Laika é tão meigo. Os meus pais tiveram 3 cães. Faziam parte da família. Beijo no ❤ meu amigo.

  5. foureaux disse:

    Para além do delicado prosaísmo de sua escrita, as memórias e o apego aos animais são tocantes. A gente se esquece de que a vida também é feita de detalhes e que, às vezes, estes são mais que fundamentais e, muitas vezes, escapam… inexoravelmente. A poesia – como presente em seu texto – é um instrumento mais que eficaz de recuperação dessa idiossincrasia. Muito bom! Abraço!

    • panografias disse:

      Realmente a vida também é feita de detalhes, meu querido amigo Foureux. Por exemplo, a imobilização feita na perna quebrada da Laika foi uma ideia original extraída do “Manual do Escoteiro-Mirim” lançado pela editora Abril, acredita?! rsrsrsrs Obrigado pela leitura e comentário meu caro… que seu fim de semana seja abençoado! Um forte e carinhoso abraço

  6. Odonir Oliveira disse:

    Encantadora

  7. azurea20 disse:

    Tierna y dulce. Un saludo

    • panografias disse:

      Gracias mi querido amigo por leer y comentar … Laika es parte de los dulces recuerdos del pasado. Que tu semana sea bendecida y productiva … ¡Te beso en el corazón!

  8. theburningheart disse:

    Sweet, but also sad Sandro.

    • panografias disse:

      It’s true my dear friend… the memories I have of Laika are wonderful but her disappearance left a gap. Things in life. Thanks for reading and commenting…may your day be blessed and productive! A strong and affectionate hug

  9. Tudo bem por aí?

    • panografias disse:

      Bom dia Alda… perdoe-me a demora em responder. Meu computador pifou e até formatar outro me tomou um pouco do tempo. Estamos bem por aqui, apenas um pouco atarefados…. breve estarei de volta. Obrigado pela atenção minha querida amiga! Que seu fim de semana seja abençoado e feliz! Beijo no coração

    • Que bom que estão bem. Abraços a todos.

  10. Simonu disse:

    Bonjour Sandro,
    Je n’ai plus retrouvé mon commentaire et votre réponse.
    Il est vrai que je ne suis pas un foudre de guerre en matière informatique, je suis un peu perdu dès qu’il y a plus grande diversité, je me sers du minimum syndical.
    On me sollicite pour la création d’un ouvrage et je dois jongler avec le net, ce qui ne m’enchante guère.
    Bonne journée cher ami brésilien.

Seu comentário é sempre bem-vindo, Amigo... obrigado !

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: