Vir ver

Vir ver
Queria ver o que motiva
Homem matar e morrer
Louco motivo é ganância
E a locomotiva é o poder
.
Vi habilidade dos pulsos
Viabilidade em dominar
Sem dó minar o impulso
E sem do outro importar
.
Vi a violência que havia
Vi o lenço da paz agitar
Vi o lento asilo forçado
Vi alento em recomeçar
.
Vi além de tudo que via
E ouvia esperança gritar
Vi que é viável em ter fé
Interferindo no desamar
.
Vi que chovia luz se mear
Se semear amor ao vento
Se moer toda divergência
Se somar nossos talentos
.

Autor: Sandro Ernesto 21/08/2014

Você pode gostar...

23 Resultados

  1. E.P. GHERAMER disse:

    Fantástico – apesar de triste, muito triste a imagem real
    Um grande abraço, Sandro!

  2. Sim E.P. Gheramer … é triste versos como este, que mostra o desamor tão atuante no mundo. Um reflexão em rimas ! Obrigado pela visita e comentário meu amigo !

  3. Parabéns .Poesia linda porém triste

  4. Obrigado Rosicler pela visita e comentário ! Sim , realmente é muito triste rimar o desamor porém necessário… Um forte abraço !

  5. CÉU disse:

    Encontrei seu blog, ocasionalmente, e vim "espreitar". É bastante variado, em temática, e isso até que agrada seus leitores e seguidores.
    Esse poema toca uma "ferida", por demais importante: a indiferença e o desamor, mas DEUS será sempre, nosso alento.

    Lindo dia, Sandro!

  6. CÉU disse:

    Me deixe dizer a você k as imagens, acima, me deixaram bem revoltada e de coração partido.
    Tudo de bom!

  7. Fico imensamente feliz com sua visita e comentário CÉU ! Procuro escrever sobre assuntos atuais que me remeta a alguma reflexão… e este poema é justamente sobre isto: o desamor ! Tenha um dia iluminado… abraços

  8. Esta é uma fotografia da guerra do Vietnã que não deixa de ser tão atual e que apesar de me deixar estarrecido, me enche o coração de amor e compaixão !

  9. Alexandre Cimatti disse:

    Começou bem o 2016!

  10. Gisela disse:

    La guerra es un motivo de recapacitar hacia el odio y la violencia contra la umanidad! Solo el amor nos puede salvar de este resbaladizo en el cual nos perdemos cada dia mas! Bonitos los versos y la foto…impactante!

    • panografias disse:

      Fiz este versos ao ver os refugiados sírios e de outros países sendo execrados pelo mundo a fora, Gisela. A guerra na Síria me causou muita tristeza e agora estamos vendo uma ameaça maior. O que você disse é verdadeiro minha querida amiga. Obrigado pela visita e comentário… um beijo no seu coração!
      ( A foto foi tirada pelo fotógrafo Huynh Cong ‘Nick’ Ut em 08/06/1972 na guerra do Vietnã )

  11. Adorei este poema, tão real, tão actual, nunca nada ira mudar a ganancia do homem, começou em Abel e Caim… e a violência vive entre os homens

    • panografias disse:

      A ganância e o poder andam de mãos dadas e a a violência torna-se cada vez mais frequente mas ainda acredito na união dos povos. Como dizia Martin Luther King: “O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons”. Obrigado meu caro amigo pela presença e comentário… um grande abraço!

  12. Hola, hoy me di cuenta que no recibía tus entradas por mail. Espero que no me vuelva a pasar.
    Saludos!

    • panografias disse:

      Olá minha querida amiga! Obrigado pela atenção… creio que isto aconteça devido algumas destas postagens serem mais antigas ( vou observar com carinho ). Um grande beijo no coração !

  13. Jogo de palavras trabalhando verbos e provocando sentidos, muito bom.

  14. helen beatriz zanini disse:

    GOSTARIA MUITO DE COMPARTILHAR MAS NO G + NÃO TEM COMO!

    • panografias disse:

      Olá Helen… você pode copiar o link e colar seja no G+, facebook ou twitter. Vai aparecer a imagem que direcionará para a postagem no blog ok? Beijo no coração e muitíssimo obrigado.

  15. helen beatriz zanini disse:

    muito obrigada meu amigo fiquei muito feliz com sua resposta.

Seu comentário é sempre bem-vindo, Amigo... obrigado !

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: