Os Infringentes

Os infringentes
.
É mamata ,  marmita,  é marmota
Opinião do povo aqui não importa
É mamata ,  marmita,  é marmota
Manifestação bate a cara na porta
.
E sem nada o senado assegurou
Solidários aos amigos do supremo
Infringiram as leis com embargos
Abalaram a confiança ao extremo
.
Recurso de ré ao curso da história
O tribunal saiu bem pela tangente
O povo ainda de babosa na cabeça
A justiça embarca nos infringentes
.
E um mamute chamado congresso
Mamata mamando a teta nacional
É vara varando para dar o veredito
Assegurando a farta ração mensal
.
E o marmota faz um discurso fiel
Com voto na mão de chauvinista
Dá uma punhalada na democracia
A justiça cega não come marmita
 .
Autor : Sandro Ernesto 19/09/2013

 

Você pode gostar...

5 Resultados

  1. Dulce Morais disse:

    Forte, sensível e claro!
    Gostei, Sandro!

  2. Obrigado pela visita Dulce! Quantos crimes são cometidos em nome da democracia e a impunidade debocha de nós descaradamente… cego é quem não quer ver ! Abraços

  3. Zaida Machado disse:

    Gostei Sandro! Escolheu bem as palavras e combinações. Disse bem dito o que acontece com nossa política e Justiça. Ando muito indignada com este país e com esta gente, que nesta hora já estão pulando Carnaval. Chega ser imoral! Um abraço pra você. Zaida.

  4. Obrigado pela visita e comentário sempre tão gentis Zaida ! Realmente chega a nos envergonhar estas manobras para a impunidade… é imoral com certeza ! Abraços .

  5. Vieira Calado disse:

    Obrigado por ter adicionado.
    http://vieiracalado2-poesia.blogspot.com

    Saudações poéticas!

Seu comentário é sempre bem-vindo, Amigo... obrigado !

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: