Gente Inocente

.
Eu sou Gente Inocente,
Porque fez minha mãe sofrer?!
Teu setembro amarelou,
Mas ninguém pode perceber?!
Conheci como segurança,
E não estava ali para proteger?!
Nunca te faltou sorrisos,
Gostaria mesmo de entender.
.
Eu sou Gente Inocente,
Porque fez minha mãe chorar?!
A docente foi decente,
Arriscando a vida para vidas salvar.
Como eu, perdeu a dela,
E não há ninguém para explicar,
Porque tanta crueldade?!
Quem somos nós para julgar?!
.
Eu sou Gente Inocente,
Minha gente pode te perdoar?!
Tantas famílias sofrendo,
Como pode a tragédia premeditar?!
Mas não pode ver e ouvir,
A legião de anjos e uma voz doce falar:
“Vinde a mim as criancinhas”.
Jesus está aqui para vos amparar.
.

Homenagem às vítimas da tragédia da Creche ” Gente Inocente “

Sandro Ernesto 13/10/2017

Você pode gostar...

4 Resultados

  1. Lindo poema. Sensibilidade! Parabéns! Sua escrita me comove muito. Abraços.

    • panografias disse:

      Obrigado Danilo Vizibeli… são tantos os porquês que envolvem esta tragédia que nos deixa assim, sensíveis! A dor é tão intensa que é quase impossível não deixar escapar uma lágrima na forma de poesia. Obrigado pelo carinho das palavras meu caro amigo… um grande abraço!

  2. caobe disse:

    É sempre um prazer ler algo saído do seu interior Sandro, ninguém com coração ficou indiferente a essa tragédia.

Seu comentário é sempre bem-vindo, Amigo... obrigado !

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: