Discordar

Há quem diga que eu sou louco, 
porque haveria que discordar ? 
Dizem que os loucos são felizes, 
por não ter vergonha de amar… 
se a felicidade e amor andam juntos, 
quero morrer louco de tanto amar.
  
 
Há quem fale que louco eu sou, 
porque discordar…eu haveria ? 
Se ser louco é gritar “eu te amo”, 
pensar no bem-amado noite e dia… 
um dia ter só vinte e quatro horas, 
para um louco como eu é covardia.
  
 
Há quem pense: enlouqueceu de vez! 
e acha mesmo que vou discordar ? 
Se amor não tem prazo de validade, 
muito menos hora para começar… 
assumo minha loucura desde agora, 
deixem-me ser louco, deixem-me amar. 
 
Há quem associe amor com loucura 
mas comigo hão de concordar… 
que é bom demais a gente ser amado, 
como é bom ter quem amar… 
eu acho, quem não ama é que é louco, 
fala sério … de mim vão discordar ? 
 
Letra e Música: Sandro Ernesto
 

Você pode gostar...

4 Resultados

  1. Dulce Morais disse:

    Adorei esta loucura, Sandro 😀
    Abraço!

  2. Agradeço sempre de coração feliz, a visita e o carinho dos comentários Dulce ! Que bom gostou … um beijo no seu coração !

  3. Mais uma das muitas lições de amor da cartilha do Sandro.

  4. O amor tem este poder de nos deixar estupidamente vulneráveis Cimatti… que diga isto Sansão ao perder suas madeixas kkkkkkkkkk. Valeu meu caro amigo !

Seu comentário é sempre bem-vindo, Amigo... obrigado !

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: