Desaparecido (#naovale)

#nãovale

Não consigo me mexer.

Aqui ainda tem muita gente comigo.

O que aconteceu?!  Não foi acidente?!

Puxa vida…  Nós corríamos perigo?!

Onde estou chove pétalas de rosas.

Sinto a saudade nas tuas orações.

Isto é uma missa de sétimo dia?!

É choro do meu pai, minha mãe e meus irmãos?!

.

É verdade então que morri?!

Esta foi minha gratificação?!

Que MERDA de empresa é esta,

Que só agora fala em doação?!

Doação é o caralho…

Doação foram tuas propinas?!

Oh meu Deus! Estou em um mar de lamas…

Esta era mesmo a minha sina?!

.

Socorro… Tirem-me daqui!

Não merecia morrer deste jeito.

Quanto vale a tua ganância, VALE…

Esta burragem de rejeito?!

E olha que tem muita gente aqui,

Que nem estava na folha de pagamento.

Quem são eles?! São ribeirinhos?!

Não constam na lista de desaparecimento?!

.

Oh Pai… Perdoe-me, mas não os perdoo!

Eles sabem bem o que fazem!

Querem tuas ações subindo na bolsa,

E nossas vidas?! Nada VALE?!

Daqui para frente não me reconhecerão mais.

Só através de exame de D.N.A.

Sou agora parte de Brumadinho,

Isto se um dia alguém me achar.

.

Sandro Ernesto 01/02/2019


Vítimas da VALE em Brumadinho 2019 – Instagram

Você pode gostar...

11 Resultados

  1. estevamweb disse:

    Este poema escrito na terceira pessoa ficou muito forte…tentativa de se colocar no lugar de quem chora, de quem sofre, de quem morre… coisas de poeta… parabéns…

    • panografias disse:

      Meu querido Estevam… escrevi alguns poemas à respeito do crime ambiental da SAMARCO/VALE e ainda doía. Agora, 3 anos depois com este terrível Genocídio Ambiental da VALE, nós morremos um pouco também a cada vítima. Eu chorei… e foi soterrado nesta lama de ganância que este poema foi escrito. Não havia outra forma. Que Deus tenha misericórdia e abençoe BRUMADINHO! Grande abraço meu caro e obrigado!

  2. JCDattoli disse:

    Parabéns, Sandro!

    • panografias disse:

      Obrigado meu caro amigo Dattoli, pela presença e comentário! Um poema carregado de tristeza eu diria. Tenha um fim de semana iluminado… grande abraço!

  3. dulcedelgado disse:

    Incompreensível que estas situações aconteçam…e pior, que se repitam!
    Uma dor.
    Bonito poema!

    • panografias disse:

      Realmente é incompreensível Dulce… eu acho que “a morte faz parte da vida” mas genocídios, não! Estão assassinando pessoas, acabando com a natureza, poluindo rios e mares deliberadamente para simplesmente agradar a conta bancária dos investidores. Revoltante viu?! Obrigado sempre minha cara amiga… Que seu domingo seja iluminado!

  4. Meri Pellens disse:

    Muito, muito triste e revoltante, pois essa tragédia poderia e deveria ser evitada. Peço a Deus que não haja mais nenhuma outra, afinal já é a segunda.
    Bjo

    • panografias disse:

      Ao longo destes 3 anos, muito tem se falado e cobrado das autoridades até o dia fatídico em que Brumadinho foi a próxima vítima, Mari Pellens. Mais danos ambientais e centenas de vidas no portfólio da VALE. Assassinos! Deus permita que não, nunca mais. Obrigado pelo comentário minha amiga… tenha uma semana produtiva e abençoada! Beijo no coração

  5. mariel disse:

    Triste a realidade, ainda que gere bons poemas

    • panografias disse:

      Realmente muito triste Mariel. Luther King disse que “não se preocupava com o grito dos maus, mas sim, com o silêncio dos bons”. Acho que não devemos nos silenciar. Novas barragens correm o risco de se romper no Brasil. Realmente muito triste. Obrigado meu querido pelo comentário… tenha um final de semana abençoado!

    • mariel disse:

      Você também, queridão. Estamos na resistência

Seu comentário é sempre bem-vindo, Amigo... obrigado !

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: